Topo Geral
Fogo

Focos de incêndio aumentam em Vitória da Conquista

De acordo com a Prefeitura, mais de 300 focos de incêndio foram registrados em 2021

09/10/2021 08h39
Por: Redação
Fonte: Secom PMVC
8

Quem mora em Vitória da Conquista, seja na zona urbana ou na zona rural, percebeu que nos últimos dias têm sido frequentes a ocorrência de incêndios em áreas de vegetação.

Geralmente, eles acontecem pela ação humana, quando, por exemplo, alguém acende o fogo para fazer limpeza de alguma área, ou com a bituca do cigarro jogada na beira da estrada.

O caco de vidro descartado no lixo que recebe a incidência da luz solar também pode gerar um foco de incêndio, porque o vento forte, a baixa umidade do ar, o tempo muito seco e quente são fatores propícios para que o incêndio se alastre com maior facilidade.

A secretária municipal do Meio Ambiente, Ana Cláudia Passos, diz que, no caso da capina, o correto é fazer a limpeza com enxada ou outro instrumento, e lembrou que a queimada constitui crime ambiental.

“É quase sempre ação humana, porque sabemos onde tem a vegetação que não tem lixo, caco, cigarro, ou nenhum dos outros condutores para que ocorra o foco de incêndio e ele acontece. E nós já escutamos diversas denúncias dos moradores que viram alguém colocando fogo e saindo, nós já achamos fósforo, muitos indicativos que é ação humana”.

Os danos causados pelos incêndios afetam tanto o meio ambiente quanto a população. “A queimada destrói a vida tanto da vegetação quanto dos animais. Polui a atmosfera, o ar, as pessoas não conseguem respirar direito, sempre com a fuligem, fumaça, o cheiro forte. Pode chegar a residências e levar a óbito até pessoas”, alerta Ana Cláudia.

A secretária destaca o trabalho e o investimento realizados pela Prefeitura, desde 2019, para atuar no combate aos incêndios em parceria com o Corpo de Bombeiros, por meio da equipe formada por 11 brigadistas da Semma, que recebeu formação do Corpo de Bombeiros.

“Temos material adequado, uma parceria muito boa com o Corpo de Bombeiros, e o caminhão-pipa que vai aonde o incêndio ocorre, para poder melhorar a logística e apagar o fogo o quanto antes. Estamos a cada dia nos esforçando mais, mas é preciso da ajuda de todos nessa conscientização e colaboração com a saúde população e com o meio ambiente”, diz a secretária.

Conscientização – Ao ver um foco de incêndio, a pessoa deve ligar imediatamente para o Corpo de Bombeiros no número 193, e também para a Semma, que pode acionar os bombeiros e ir com a equipe própria de brigadistas até o local.

Ana Cláudia reforça a importância de as pessoas evitarem jogar lixo em terrenos e de preservarem o meio ambiente. “É preciso consciência de todos acerca dos riscos e prejuízos dos incêndios, na questão da preservação, porque nos incêndios matam a vegetação e muitos animais. As árvores são muito importantes para o meio ambiente e nossa qualidade de vida”, afirma.