FIB 24
Bahia

Governo Lula autoriza mais investimentos e unidades do Minha Casa, Minha Vida na Bahia

O presidente Lula anunciou investimentos do Novo PAC para todo o Estado e autorizou o início de novas obras. O conjunto de ações somam mais de R$ 7 bilhões

04/07/2024 16h19
Por: Redação

A população baiana recebeu do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta segunda-feira (1), um conjunto de obras, com autorização de licitações, ordens de serviço e novos anúncios de investimentos que alcançarão municípios de todo o Estado. O evento, com a presença do ministro da Casa Civil, Rui Costa, e do governador Jerônimo Rodrigues, aconteceu na Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Antes, a comitiva esteve em Feira de Santana para inaugurar 40,3 km de duplicação da BR-116, assinar a ordem de serviço para duplicar de mais 53,2 km; anunciar o aviso de licitação para finalizar o contorno Leste, de Feira de Santana; e também a ordem de serviço para 137,4 km da FIOL 2, entre Bom Jesus da Lapa e São Desidério. O investimento total anunciado para a Bahia foi de R$ 7,2 bilhões. 

“Fomos eleitos para cuidar de mulheres, homens, crianças, adolescentes, do povo brasileiro, que é o que precisa acontecer. Cuidar da educação, da saúde, do transporte. Nós vamos melhorar a vida desse país, do povo. A gente vai fazer mais aumento de salário mínimo, mais benefícios que as pessoas têm direito. A gente vai cuidar dos pobres, daquelas pessoas que mais precisam”, frisou Lula.

Entre os atos, o presidente Lula anunciou a publicação do edital de licitação para construção de três policlínicas no estado, em Camaçari, Remanso e Itapetinga. Um investimento total de R$ 90 milhões, por meio do Novo PAC. Com o novo projeto, as policlínicas se tornarão um centro integrado de cuidado e resolução que contemplará núcleos de atenção integral ao homem, mulher, crianças e outros públicos que requerem acompanhamento especial.  

Outra medida para melhoria da saúde pública, principalmente para as cidades do interior, foi o lançamento de edital nacional abrindo três mil novas vagas do programa Mais Médicos. Para a Bahia, serão selecionados 250 médicos. Pela primeira vez, o edital prevê a reserva de cotas étnico-raciais (20%) e para pessoas com deficiência (9%). Ainda dentro do Novo PAC, o presidente anunciou a reforma e ampliação da maternidade e do hospital universitário, ligados à Universidade Federal da Bahia, um investimento de R$ 133,1 milhões.

Para realizar o sonho da população em ter uma casa própria, o Governo Federal publicou a autorização para novas construções do programa Minha Casa, Minha Vida. Um total de 5.715 unidades foram autorizadas, para beneficiar cerca de 23 mil pessoas, em 11 municípios baianos: Camaçari (1.088), Campo Formoso (144), Dias d'Ávila (148), Feira de Santana (1.075), Ipirá (144), Morro do Chapéu (100), Paulo Afonso (240), Salvador (1.312), Simões Filho (480), Tucano (100) e Vitória da Conquista (884). O investimento total chega a R$ 885,5 milhões. Também terão novos investimentos para o programa Luz Para Todos: cerca de R$ 1,5 bilhão. O termo de compromisso assinado contempla 415 municípios baianos.

“O presidente faz esse balanço, das ações da educação e de saúde, em nosso estado, trazendo novos investimentos, ampliando obras e serviços de áreas que precisam de maior atenção para gerar emprego, gerar renda e cuidar das pessoas. Esse é o objetivo do Governo Federal, em todo o Brasil. Com a retomada de programas como o Minha Casa, Minha Vida e o Luz Para Todos, nós estamos cumprindo o compromisso de devolver o Brasil ao brasileiros”, afirmou o ministro da Casa Civil, Rui Costa.

No pacote dos investimentos, o Governo Federal reforçou ainda o compromisso com a cultura e com a educação, dentro das prioridades do Novo PAC. 

Para a educação, serão entregues ônibus escolares (R$ 113,8 milhões em 244 municípios), escolas de tempo integral (R$ 722,8 milhões em 56 municípios); creches (R$ 341,9 milhões em 94 municípios); e oito novos Institutos Federais de Educação serão construídos - cada campus tem investimento estimado de R$ 25 milhões e terão capacidade de atender, em média, 1.400 estudantes, majoritariamente em cursos técnicos integrados ao ensino médio. Além desses, os investimentos para obras de melhoria e de consolidação da rede federal de ensino.

Pelo PAC Patrimônio Cultural, duas obras e 13 projetos serão executados em Maragogipe, Santo Amaro, Salvador, Cachoeira e Itaparica, um investimento de R$ 52 milhões.

Ele1 - Criar site de notícias